quarta-feira, julho 01, 2009

O enterrado vivo



Já achou graça de si mesmo?
Pois é. Estranho, não?
Porém, é preciso rir de nós mesmos para que percebamos o quanto dificultamos as coisas, intensificamos os sofrimentos – que talvez sejam insignificantes – e, por fim, fazemos da vida um palco, onde tudo vira drama...
Parece que ficamos o tempo inteiro na expectativa, na ânsia de que alguém se emocione com nossa brincadeira de viver...
“ É sempre no passado aquele orgasmo,

é sempre no presente aquele duplo,
é sempre no futuro aquele pânico.
É sempre no meu peito aquela garra.
É sempre no meu tédio aquele aceno.
É sempre no meu sono aquela guerra.
É sempre no meu trato o amplo distrato.
Sempre na minha firma a antiga fúria.
Sempre no mesmo engano outro retrato.”
Nesta tarde, pensei, pensei, repensei e cheguei a conclusão de que, às vezes, ficamos apáticos vendo as coisas acontecerem...
Se estou triste: choro.
Feliz: sorrio.
Entediada: olho para o teto.
Preocupada: deito...
Como assim? Estou sendo espectadora de minha própria história!
Desistindo facilmente. Cruzando os braços. Assistindo, monotonamente, aquelas cenas previsíveis!
“ É sempre nos meus pulos o limite.
É sempre nos meus lábios a estampilha.
É sempre no meu não aquele trauma.
Sempre no meu amor a noite rompe.
Sempre dentro de mim meu inimigo.
E sempre no meu sempre a mesma ausência.”
É preciso lutar, reagir, arregaçar as mangas e fazer por onde.
O mundo não é cruel, o ser humano é que fraqueja vez ou outra!

32 comentários:

Sérgio disse...

Princesinha,
vc nunca se dá por vencida, né?
Nem comentei seu texto anterior a este pq sabia q logo em seguida vc reagiria!

Te admiro muito Carol. Vc sabe disso. Tivemos uma história juntos. Como vc dizia: "UM BELO CONTO".

Vejo o qto vc amadureceu, mesmo sendo ETERNAMENTE MIMADA por todos que te rodeiam! hahaahaha...

Texto maravilhoso, motivador. Abre os olhos de quem lê e diz: ACORDA PRA VIDA, OW!

Parabéns. Sds.

Beijão.

Isabel disse...

Realmente,parece q ficamos esperando apenas desfecho final em si, porque mortos já estamos. Quem não reage, n luta, vive passivamente, NÃO VIVE!

Fazemos tempestades em copos d'água!

A vida é força, é cair e levantar, é correr atrás... não esperar q as coisas aconteçam.

PARABÉNS Carolzinha! Excelente!

=)

Hugo disse...

Branquinha!
Vc é D+++! Gostei de ver...
A volta por cima! kkkk...

Hoje entendi q vc é uma bonequinha sim.Mas n uma boneca de cera q n sente... Uma boneca q vive, chora, esperneia, sorri, vibra, pula... Vc SENTE cada emoção com muita entrega. E é por isso q seu blog é um sucesso. Pq ele traduz o que vc realmente é!

EXCEPCIONAL.

Aquele beijo... na testa, né?! (Que pena! hehehehe...)

Aninha disse...

|Oi lindaaaaaa!
Pois eh estou vontando a tomar as redeas da minha vida, deixando de ser espectadora dela, rsss! Sempre amei ler mas fazia um tempo q não me dava esse tempo! E é tão booooom!

Ler seu blog então é um privilegio!

Bjks

Lamêgo disse...

É isso mesmo.
Estamos sempre esperando q alguém se comova c a gnt, faça as coisas em nosso lugar...
Mas é preciso reagir, correr atrás e aprendermos q a vida é assim mesmo, essa busca constante.
Vc é linda, Carol.
Muito bom seuS textoS...

Um beijo, linda.

Érica disse...

Minha filha, é isso. Pensei tanto esses dias sobre possíveis dores e entrei na conclusão:
Quando não tem com o que sofrer, com o que se lamentar, inventamos um motivo. Banal, na maioria das vezes. Só um pretesto pra jogar algumas lágrimas no chão.
Tô pensando bem parecido Carol.
Muito boa reflexão.
Beijo grande.

Fábio Paulos disse...

muito bom o texto

Izabela disse...

Não espere acontecer, faça com que aconteça da melhor maneira posível. Força e coragem, sempre a precisamos tê-las.

Um beijo, querida!

Hosana Lemos disse...

é como se tivessemos emoções prontas para cada situação...
adorei o texto, nao tinha pensando profundamente sobre o assunto nao!!
\o/

Jú Souza disse...

Ah, eu sou assim cara, fico parada esperando tudo acontecer e assistindo, sabendo que a vida é minha. >.<
E normalmente eu sei o final...
Adorei o texto Carol! (:

beeijo *:

wiliam. disse...

fantástico!
muito bom mesmo, escrevendo muito como sempre ;D
;*

Edna Lima disse...

Seus textos são imperdíveis.Como passei tempos da minha vida esperando acontecer.Verdade que quase sempre peguei o touro a unha.
Mas tem coisas que mão de Deus é valiosa. Grande beijo.

Stephanie Pereira disse...

encantador *-*

Marina disse...

ahhhh gente, que orgulho da minha Marlizinha!

adorei, mais uma vez! e procede: o ser humano fraqueja mtooo!

Bjo!

saudade.

Felipe Braga disse...

Parabéns! Grande reflexão.
Eu vivo achando graça das minhas tolices. Mas é essencial, não?
"O mundo não é cruel, o ser humano é que fraqueja vez ou outra!"
Perfeito!

Ademerson Novais disse...

rsrrsrs...sorrio pois sei muito bem o que é isso...as vezes me pego sorrindo sozinho...risada do que passou...do que ainda nem aconteceu...sou aquela pessoa que me desafia e no entanto depois me pergunto como pude ter coragem...não me arrependo..não digo que não faria se pudesse..apenas sei que devia...que era a hora...e se não foi..aproveitei....aqui vc desfia muito bem estas coisas dentro da gente...coisas que muitas vezes ficamos ali...olhando..buscando e no entanto nunca achammos...mais não desistimos...


obrigado sempre por visitar meu cantinho....

Ademerson Novais de Andrade

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

No final de tudo, todos nó sabemos desse tipo de coisa! Mas o mal do "comodismo" nos asola.! ><

Ainda bem que você consegue enxergar isso, e ainda por cima dividi essas palavras lindas e bem colocadas conosco! ;D

P.S: Estou tão sem tempo para escrever novos textos.! =/ Mas prometo que logo logo terá novo la no meu espacinho.! >.~

;*

Flaah Goes disse...

AMEEI...
pegoou pesadu viiu...rsrs
mais tbm num falou nenhuma mentiraa
Ameei u post diverdade

Bjuus

Flavih Jones disse...

Genteee que textoo.
Adoreii.

Verdade, verdadeira que o ser humano fraqueja.
Talvez a graça esteja nisso não é?

Beijo

Aninha disse...

Oi flor!!!!
Tem PRESENTE p vc no meu humilde blog...

Bjks

Bah disse...

Adorei!
Corcordo com tudo o que vc disse.

Obrigada pelos elogios, saiba que sempre será bem vinda no meu cantinho :)

Também adoro o modo que vc escreve...

Beijos

Menino Poeta disse...

Nós é que somos cruéis, ignorantes, o motivo de o mundo estar assim dessa forma devastado em todos os sentidos, 95% da culpa é nossa!! Show de bola o seu post.

G. disse...

O texto ficou perfeito! Me motivou para lutar e não ser uma telespectadora da minha própria vida, dos meus teatros e dramas. Amei! "(...)e, por fim, fazemos da vida um palco, onde tudo vira drama..."
Você disse tudo e transmitiu uma mensagem urgente para as nossas mentes! Sempre virei aqui ler os seus textos, são lindos e você escreve magicamente bem!
É, também odeio o sensasionalismo barato que é pleno em nossa mídia televisa. É um absurdo, eles fazem lavagens cerebrais com as pessoas.
Parabéns!
Beeijos :*

Anjo vermelho disse...

Aiaaiai auiui que texto magnifico!!!
que palavras adoro esse seu geito de escrever pareçe determinada nunca desiste..
fico deslumbrada !!

Deus de abençoe linda...

ah o selinho é seu ^^

bejos de anjo no coração tenha uma otima noite.. amanha eu volto..

Fada Lella disse...

Uhumm. Concordo! É rir pra não chorar. Temos que fazer isso... beijoss

Hosana Lemos disse...

tem 3 selos pra ti no meu blog!

KeLLy ViAnA disse...

realmente o melhor é rir de si mesmo,
porque se a gente for se doer por todos os problemas.

ameii!

bjo!

Rabiscando disse...

É verdade, temos q lutar pelo q se quer.

Parabéns pelo blog.

1 beijo!

Andre Vilarreal disse...

muito bem colocado .
Gosto muito de ler tuas postagens.
Apareça
.
andre.vilareal@hotmail.com

'Ariane .( lla Belle )' disse...

Muittoooo bonito o seu texto.
Parabens

Beijos

E to te seguindo

Flaah Goes disse...

Oii vim agradec a visitinhaa Amoo viu nu teu cantinhoo

Bjaao!

Edna Lima disse...

Oi Carol .Anda sumida! Passa no meu blog e pega um selinho pra vc , se vc gostar é claro. bjaummm

Postar um comentário

Template by:

Free Blog Templates