segunda-feira, fevereiro 15, 2010

Reverência ao destino



Pessoa alguma tem certeza do amanhã. Planos são apenas uma forma que nós, seres humanos, inventamos para nos organizar.
Não existem cálculos, estatísticas, hipóteses que possam determinar com precisão o que está por vir. Então o risco de nos frustarmos equivale às probabilidades de nos realizarmos.
“Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida. Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.”
Às vezes passamos grande parte de nossas vidas esperando alguém especial ou tentando moldar as pessoas para que elas sejam aquilo que gostaríamos que fossem. E, por diversas vezes, não damos oportunidades para que algo ou alguém, diferente do esperado, nos conquiste, nos acrescente e nos mostre que as diferenças nos completam.
Um dia desses você disse que estar ao meu lado lhe faz sorrir mais, viver de maneira mais feliz e leve...
Agora, eu te digo: “Viver ao seu lado me faz ser mais responsável, mais forte, mais segura!”
Aprendi que as grandes mudanças são ocasionadas pela simples decisão de arriscar, ousar. Descobri que o medo, a apreensão são obstáculos que nos fazem estagnar.
“Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só. Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar. E aprender a dar valor somente a quem te ama.”
Não posso lhe dizer ainda, com convicção, qual seria o nome do sentimento que tenho por você. Não sei se é amor... mas se não for... acredito estar no caminho correto e na direção certa!
“Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.”

13 comentários:

Mailson Furtado disse...

Fantastico Caroline!!!

Muito bom!!! Parabéns!

Stephanie Pereira disse...

ai amiga, concordo com tudo q disseste! dificil amar, dificil confiar, dificil se entregar.. dificil definir sentimentos...

Novembro_ disse...

Fiquei admirada com seu espaço. Amei o post!
Vou voltar, lhe deixo um grande beijo.

Ju Fuzetto disse...

Carol!!!
Que lindo texto!

O amor verdadeiro rompe as barreiras do medo!!!

Um beijo flor!!

Bia Maia disse...

Menina linda....mas que texto mais maravilhoso...meu Deus...
AME, minha LINDA...AME...

beijos com amor...

Bia

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Já ouvi várias "teses" para o Amor.

Mas a que mais chega perto da minha* realidade é que ele é simplismente *Complexo*. Já tentei vivê-lo de diversas formas. Até hoje, o único amor verdadeiro que sinti e sinto até hoje é o amor que Deus tem por mim, por nós! ISSO é amor de verdade! Um amor incondicional!

Obrigado pela visita! Vou fazer de minhas atitudes, atitudes centradas naquilo que acredito! Iá dar certo! ( ;

;*

Milla disse...

realmente, quere ser amado é fácil mas o resto é tudo complicado..talvez seja por esse motivo que todos nós insistimos no amor, coisas suadas valem muuito mais a pena :)

beijos

HNETO disse...

Não há nada mais inutil que buscar a eternidade, que querer parar o tempo ou que ele volte. O tempo, e seus signos, são para ser vividos. Apenas.

Melanie B. disse...

rsrsrsrsrs
Muito obrigada moça linda!!
E me parece que tem alguem aqui
também a caminho de 'experimentação sentimental'
Não?!!!!! :)

Agarra-se menina!
Adoro recebe-la,
braçao!

Érica disse...

Ninguém sabe nada, de nada. O que a gente sabe é só o que acontece, no momento que acontece, quando estamos ali, vivendo, só assim. Adorei essa reflexão, tudo tão coerente. Boa sorte com a tua felicidade e teus novos projetos, somas e divisões. Tudo isso é muito bom, só acrescenta.

Beijos linda!

Felipe Braga disse...

Olá, Carol.
Isto me dá a sensação de ser alguém muito pequeno. Sou fraco, Carol. rs

Mas sei que meu porvir pode me conceder alguém para me deixar mais seguro também, para me ensinar a enxergar as cores.

Carol, teu mundo é belo. Felizes os que nele convivem.

Beijos.

Menino Poeta disse...

O medo é o inimigo do amor! Precisa ser assim pra quem estar disposto a amar! Só que queremos amar da nossa forma e não lembramos que o amor entende, compreende, e que o próprio amor nos desafia há todos os dias a ouvir sua voz ou a nossa voz. Belo o seu post minha querida! Estava com saudades desse espaço...

Duanny!. disse...

Quanto tempo, hein?
um texto LINDO!

parabéns =)

Postar um comentário

Template by:

Free Blog Templates