domingo, maio 24, 2009

O ano passado



Vejo tudo se repetindo...
O passado insiste em retornar, os erros persistem, as buscas são sempre as mesmas e é cada vez mais difícil mudar.
Estamos sempre pensando no que já vivemos. Em quanto nossa imaturidade nos proporcionava momentos felizes. Tudo era motivo para dar risada e comemorar. Não existia responsabilidade. Não havia com o que se preocupar.
Este ano, procuro, incessantemente, deixar tudo igual ou pelo menos dar continuidade àquela época inesquecível. Corro atrás de algo que já até perdi de vista. Encontro-me em encruzilhadas e sigo rastros incertos...
“Embora sepultos, os mortos do ano passado
sepultam-se todos os dias.
Escuto os medos, conto as libélulas,
mastigo o pão do ano passado.”
Minha alma requer mudança, meu EU solicita viver o presente.
Ater-me ao passado é ter medo de conhecer um mundo novo. É enxergar as fronteiras como limites... Daí, onde seria um ponto final para alguns surgiria uma folha em branco na qual novas personagens entrariam em cena.
Não adianta fingir que as coisas continuam iguais. O tempo tem a característica de estar sempre renovando, atualizando os sentimentos, as idéias, as pessoas, as situações. Um amor, diante do passar dos anos pode crescer, se desgastar, acabar e, até mesmo, adormecer. Contudo, como era antes, nunca mais será.
As transformações são inevitáveis. Por mais que não notemos, a linha do tempo só nos deixa duas alternativas: evoluir ou regredir. E é válido deixar claro que, diante do progresso alheio, quem fica estagnado pertence, respectivamente, aos que estão inclusos na segunda opção.

5 comentários:

Isabel disse...

"Encontro-me em encruzilhadas e sigo rastros incertos..."

Que lindo isso!!! A + pura verdade.
Corremos atrás de algo q nem sabemos o q é e desperdiçamos novas oportunidades de ser feliz.

Abraço.
Muito bom seu blog. Adoro.

Marina disse...

claro... que fica estagnado regride, por isso é importante seguir em frente, mesmo sabendo das dificuldades q virão e tento a ligeira noção de q tudo mudou.

mudar é preciso, ainda mais se for pra melhor.

o passado já passou e foi mto útil para hoje sabermos qual caminhos seguir.

BjO!

Aninha disse...

Quem disse que é recordar é viver nos enganou totalmetne, né? Rsss
A gente revive o passado, mas e o presente???

Boa Sorte em sua nova etapa de vida.

Aproveite-a com toda intensidade!

Bjks

meus instantes e momentos disse...

parabens pelo texto, muito bom.
Maurizio

Patricia disse...

Um amor, diante do passar dos anos pode crescer, se desgastar, acabar e, até mesmo, adormecer. Contudo, como era antes, nunca mais será.
Tomara que ano que vem tudo mude amiga!
bjs e saudades

Postar um comentário

Template by:

Free Blog Templates